Programa Eco-Escolas

O Eco-Escolas é um Programa de Educação para o Desenvolvimento Sustentável promovido em Portugal pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE), secção portuguesa da Fundação de Educação Ambiental (FEE). 

Desenvolvido em Portugal desde 1996, o Programa Eco-Escolas visa a disseminação de uma metodologia de abordagem das questões ambientais inspirada na Agenda 21. 
A escola ao aderir ao Eco-Escolas compromete-se a desenvolver um conjunto de ações e atividades que deverão envolver os diferentes elementos da comunidade escolar, com especial enfoque nos alunos, nos professores, nos auxiliares de ação educativa, nos encarregados de educação e ainda da comunidade envolvente, nomeadamente o município. Tem ainda a possibilidade de participação na rede nacional e internacional com acesso a vários projetos, facilitadores do trabalho da escola na educação para a sustentabilidade. 
OBJETIVOS DO PROGRAMA ECO-ESCOLAS 
Pretende encorajar, reconhecer e premiar o trabalho desenvolvido pela escola na melhoria do seu desempenho ambiental e sensibilização/educação para a necessidade de adoção de comportamentos mais sustentáveis. Este Programa visa ainda criar hábitos de participação e cidadania, ten- do como objetivo principal encontrar soluções que permitam melhorar a qualidade de vida na escola e na comunidade. 

A Escola está a participar pelo quinto ano não consecutivo tendo ganho sempre o galardão Eco-Escola  -  a Bandeira Verde.

Concurso Externo para Professor Bibliotecário

No âmbito do concurso externo para uma vaga de professor bibliotecário do Agrupamento de Escolas Ibn Mucana foram entregues, no prazo previsto, seis candidaturas que foram analisadas pelo júri do concurso. 

(Edital do resultado das candidaturas )

Manuais escolares 2019/2020

AVISO
A atribuição de manuais escolares para o próximo ano letivo rege-se pela legislação:
Despacho nº 921/2019 de 24 de janeiro de 2019
Algumas informações relativas a manuais escolares para o próximo ano letivo encontram-se em :
www.manuaisescolares.pt

Alcabideche, 27 de junho de 2019
A Diretora
Maria teresa de Matos Lopes